Um passado romântico

29/11/2018 14:39

"Dessa forma, não é incongruente observar o crescimento de um reacionarismo entre a própria classe trabalhadora que, vivendo em um presente instável e depreciado, passa a interpretar esse passado como um lugar seguro e estável, e a desejar por um retorno a ele. Mesmo entre as classes menos privilegidas, mantêm-se uma construção romântica de um passado nacional mais inclusivo que abarcava a todos."

 

Artigo As múltiplas faces do conservadorismo brasileiro, de Rosana Pinheiro Machado e Tatiana Vargas Maia, publicado na revista Cult nº 234


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!