Quem são os mantenedores de um Estado Provedor ineficiente?

23/05/2016 12:09

"Enquanto conservadores e socialistas se unem para apoiar a intervenção do Estado em favor do protecionismo, da reserva de mercado, do subsídio, os liberais pregam a abolição desses privlégios; enquanto inúmeros empresários solicitam que o estado 'proteja' a empresa privada, os liberais defendem o livre mercado e a soberania do consumidor. No Brasil, a ideologia dominante, o intervencionismo, que tem impedido o nosso país de ser uma nação livre e desenvolvida, é sustentada - ainda que por razões e com intensidades diferentes - pelos socialistas que idolatram o Estado; pelos empresários poderosos que não querem correr o risco do mercado; pelos conservadores que se opõem a mudanças; pelos militares que combatem o comunismo, mas estatizam a economia; pelos sociais-democratas que são liberais em política e socialistas em economia; pelos políticos populistas que usam o Estado para dar consequência à sua demagogia; pelos intelectuais que vêem no Estado a única chance de se projetarem; pelos burocratas das estatais, que não querem perder suas vantagens e suas mordomias; pelos religiosos e por todos aqueles, enfim, que, sensíveis às necessidades dos mais carentes, defendem de alguma forma o Estado Provedor, sem perceber que esse snão é o meio adequado para minorar o infortúnio dos mais pobres."

 

Donald Stewart Jr., O que é o liberalismo


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!