Ociosidade e investimentos

14/07/2019 13:37

"Um empresário, por exemplo, mesmo que as reformas previdenciárias e tributárias sejam aprovadas, não tem muito estímulo para investir porque ele tem um estoque de capital muito ocioso. É preciso primeiro preencher este excesso de ociosidade para então fazer investimentos, especialmente investimentos grandes, de construção de novas plantas."

 

Bráulio Borges, pesquisador do Centro de Estudos Monetários do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre-FGV), em entrevista ao jornal Valor, publicada em 12/7/2019


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!