Mario Vianna, ranzinza mas de boa alma

08/10/2018 19:34

"Mário Vianna (1902-1989, comentarista e radialista esportivo, técnico e árbitro de futebol) podia ser ranzinza mas tinha uma boa alma. Na época de Natal, vestia-se de Papai Noel para alegrar as crianças da vizinhança. Um dia um frequentador do botequim da esquina, bêbado, se pôs a ridicularizá-lo. Não sabia do perigo que corria. O espírito da antiga PE (Polícia Especial de Getúlio Vargas) falou mais alto que o espírito de Natal encarnado pelo Bom Velhinho. Sem tirar a fantasia, Mário Viana pediu licença à garotada, foi até o bar e cobriu o engraçadinho de porrada."

 

Benicio Medeiros, A rotativa parou! - Os últimos dia da Ultima Hora de Samuel Wainer

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!