Leitura

05/10/2015 13:17

"Os testemunhos de leitores assíduos e esclarecidos sobre sua ocupação preferida são inumeráveis. Isso certamente se deve às infinitas reflexões e emoções originadas pelo texto escrito e à sua absorção mais ou menos intensa pelo espírito humano. A isso se acrescenta o fato de que a leitura, desde que não é praticada em voz alta, tornou-se uma atividade essencialmente solitária; embora constitua, a partir de então, uma relação maior do leitor consigo mesmo, ela não deixa também de implicar uma relação com o mundo e com os outros."

"Outros falam da leitura em geral, como Montesquieu 'Nunca houve aflição que uma hora de leitura não pudesse debelar', ou Bachelard 'Assim, de manhã cedo, diante dos livros acumulados em minha mesa, ao deus da leitura faço minha oração de leitor voraz: Dai-me hoje nossa fome cotidiana'."

Jacques Bonnet, Algumas historietas ou pequeno elogio da anedota em literatura

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!