Homem feliz

20/12/2019 13:10

"Para Sexto Empírico, o homem feliz é conduzido por duas orientações, a saber: (i) nada deve ser, por natureza, objeto de desejo ou aversão; (ii) as inclinações humanas são determinadas por diferenças de circunstância e de tempo. Não há como, portanto, justificar adesões absolutas, mas tão somente circunstanciais. Pode-se, portanto, supor que nessa chave o homem feliz é portador da crença de que nada é intrinsecamente dotado de qualidades objetivas."

 

Renato Lessa, O cético e o rabino 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!