Estados maníaco-depressivos

14/11/2019 12:06

"Para apreciarmos adequadamente conflitos deste tipo, teríamos que imaginar que pacientes que usam Prozac e usuários de Valium acusam-se mutuamente de heresia e ameaçam-se com danos devastadores à saúde caso um não se converta ao medicamento do outro. Escolho o nome de sedativos que, como se sabe, aqui e ali não têm o efeito esperado e, em vez disso desencadeiam impulsos maníacos. Um risco comparável adere desde sempre àquilo que, a partir de Paulo, foi denominado 'fé'. Os efeitos psicossemânticos bem-vindos do estado de convicção religiosa, a estabilização psíquica e a integração social dos crentes estão associados a efeitos arriscados, que correspondem estreitamente à reação maníaca - e isso, aliás, já muito antes do surgimento das religiões monoteístas. Por isso não se deve dar pouca importância ao fato muito bem atestado de que a formulação dos monoteísmos expansivos proveio de estados de excitação maníaco-apocalípticos de seus fundadores."

 

Peter Sloterdijk, O zelo de Deus - sobre a luta dos três monoteísmos


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!