Esquerda que a direita gosta

12/05/2018 19:34

"[...] Vieram Lula e Dilma. O preço das commodities estava no apogeu e possibilitou o nacional consumismo. Dá 90% aos banqueiros e o resto para a massa. Sem balançar muito o braco. É o que Darcy Ribeiro chamava de a esquerda que a direita gosta. As commodities desabaram e a presidente tentou uma sobrevida pelo keynesianismo vulgar, cujo corolário forma as pedaladas fiscais. Aí, volta no ritmo de tragédia e farsa, a década de 90 com esses que estão agora no poder. Não conseguimos ter um debate sobre as alternativas [...]"

 

Roberto Mangabeira Unger, filósofo, em entrevista ao jornal Valor de 11/5/2018


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!