Desemprego em 2019

18/06/2019 20:43

"O IBGE estima ainda que outros 8 milhões de trabalhadores compõem a força de trabalho potencial, pessoas que precisam trabalhar, mas que não procuraram emprego. Entre 2014 e 2018, o desemprego cresceu 90%, o número de subocupados por insuficiência de horas trabalhadas aumentou 46%, a força de trabalho potencial teve acréscimo de 89% e a quantidade de desalentados triplicou (209%).

Ao todo, são 27 milhões de pessoas que querem trabalhar e não encontram vagas ou estão subutilizadas. Se estivessem ocupadas, ganhando 1 salário mínimo por mês, por exemplo, teriam o potencial de aumentar a massa salarial do país em 350 bilhões ao ano.

Dos 92 milhões de ocupados, cerca de 61,9 milhões são empregados, dos quais 44 milhões estão no setor privado. Entre os que estão na iniciativa privada, 33 milhões são assalariados com carteira assinada e 11 milhões sem carteira. Outros 23,3 milhões são trabalhadores autônomos, 4,4 milhões, empregadores e 2,2 milhões, trabalhadores familiares."

 

Artigo Geração de empregos continua sendo desafio para 2019. 27 milhões de pessoas querem trabalhar e não encontram vagas ou estão subutilizadas, publicao no jornal IHU Online de 18/06/2019


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!