Consciência e forças cegas

18/06/2019 12:32

"Essa pretensa liberdade é invenção de teólogos. achado de metafísico, retórica de filósofo. Equipados com uma hipotética faculdade de desejar, os homens se tornam responsáveis. Eles são suscetíveis a ter que pagar, a serem condenados, julgados, aferidos. Em tal hipótese, os sujeitos são a origem de seus atos, eles transcendem o grande desejo que os governa. O livre arbítrio é o auxiliar dos juízes: a consciência é pensada como assento do ser. Erro metafísico por excelência! A consicência é o cruzamento de potências cegas e dominadoras, ela é submetida ao jogo gratuito e fulgurante do instinto, dos influxos e das forças. Ela é cheia de uma energia transbordante, oscilante, e que é só movimento."

 

Michel Onfray, A sabedoria trágica


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!