Clima e direita

05/11/2019 12:08

"A oposição ao efeito estufa por governos se tornou praticamente oficial com a administração Margaret Thatcher, na Inglaterra, um governo eminentemente conservador, para não dizer reacionário. E o foi por causa das recém-descobertas reservas de gás do Mar do Norte. Hoje, contestam a participação no incremento à temperatura global média da participação humana, o presidente dos EUA Donald Trump e o presidente do Brasil Jair Bolsonaro, adorador do primeiro. Há uma evidente coincidência entre negacionismo relativo ao aquecimento global e extrema direita, como também em relação à defesa do 'status quo', ou seja, o reacionismo político, social e também religioso. Portanto, é muito provável que a crescente refutação à ciência no planeta e consequente ataque às suas instituições não seja senão uma consequência natural do crescimento da direita e de sua acólita, a extrema direita."

 

Texto As origens do negacionismo científico do físico e professor Rogério Cezar Cerqueira Leite, publicado na revista Scientific American Brasil de outubro de 2019


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!