Calvinismo & outras seitas

25/09/2021 12:51

 

“O calvinismo trazido por colonos brancos para a Nova Inglaterra poderia ser descrito como um sistema de depressão socialmente imposto. O Deus que traziam era “totalmente sem lei”, como escreveu a pesquisadora literária Ann Douglas, uma entidade todo-poderosa que “revela seu ódio por suas criaturas, não seu amor por elas”. Ele mantinha um céu, mas com um número limitado de assentos, e aqueles que teriam o privilégio de entrar haviam sido selecionados antes de nascerem por meio de um processo de predestinação. A tarefa dos que viviam era constantemente examinar “as repulsivas abominações ocultas em seus corações”, buscando arrancar os pensamentos pecaminosos que eram um sinal seguro de condenação. O calvinismo oferecia como única forma de alívio desse aflitivo trabalho de autoexame uma outra forma de trabalho: desmatar, plantar, costurar, abrir fazendas e criar negócios.”

 

Barbara Ehrenreich, Sorria: Como a promoção incansável do pensamento positivo enfraqueceu a América

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!