Página inicial

Intelectual

25/11/2015 15:52
"Livre observador das loucuras do mundo, mais preocupado em compreender do que em convencer, do que seduzir que em dominar. Emancipado dos conformismos, vigia, bode expiatório das certezas cegas. Ressurgirá em sua forma antiga de 'intelectual orgânico' para pôr sua retórica a serviço de...

Vem a velhice

22/11/2015 11:37
"Quem deseja protrair o curso da vida, não se contentando com a de curta duração, este, em meu pensar, é manifestamente um louco. Porque a idade muito dilatada traz também muitas aflições; e o prazer não se descobre em parte alguma quando se atinge a desejada longevidade. A libertadora dos males,...

Violência

21/11/2015 10:46
"Por isso, nada é tão indigno para o homem quanto sofrer alguma violência, pois a violência o anula. Quem a comete não faz nada menos do que contestar a nossa humanidade: quem a sofre covardemente abre mão de sua humanidade." Friedrich Schiller, Do sublime ao trágico

O rato da sacristia

20/11/2015 18:57
Um rato morava numa sacristia. Era um mau católico e a tudo roía. Só respeitava a Santa Eucaristia.   Num lugar sagrado certo se escondia. Nem mesmo o arcebispo vê-lo conseguia. De dia dormia. E à noite roía.   Como o próprio Deus ele era invisível. A ninguém no mundo ele aparecia. Padre...

Chega a morte

19/11/2015 16:34
"Havia muito que as dores e agonias tinham desaparecido. Os terrores também. E os cuidados. Sentia apenas uma grande, infinita impressão de sonolência e fraqueza. Uma espécie de bem-estar indefinível, de anulamento, de desintegração. De integração, quem sabe. Em alguma coisa. No espaço. Na cama. Em...

Falsificável

17/11/2015 18:59
"Segunda confissão, mais lógica e ao mesmo tempo mais pessoal: diz Karl Popper, num determinado momento, que certas teorias, o marxismo e a psicanálise, por exemplo, pareçam nunca ter falhas. São teorias que têm sempre razão - mau sinal, pois, certo ou rigoroso, o saber é reconhecível por sempre...

Revolta

16/11/2015 10:15
"Portador e difusor de tal sensibilidade e consciência, o revoltado metafísico é como o escravo rebelde. Do mesmo modo que este protesta contra a escravidão que o vitima, o revoltado metafísico, raciocina Camus, brada indignado contra a condição absurda e precária da sua qualidade de homem. No...

Metafísica e niilismo

15/11/2015 11:11
"Essa perda de vigor, para Heidegger, torna-se a 'lógica interna' do esquecimento do ser, que tem sua contraparte na dominância incondicionada da Metafísica. Faces de um mesmo acontecimento, que culmina na civilização mundial, cenário do fim da Filosofia, sob a racionalidade da técnica e da vontade...

Sistemas e ideologias

11/11/2015 10:59
"Se algo sempre esteve claro para um pensador como Platão, que sabia distinguir entre as experiências do ser e as do não-ser e admitia a existência de ambos os tipos, era que, para o bem ou para o mal, a realidade não era um sistema. Se o sujeito constrói um sistema, a falsificação da realidade é,...

Depois da ruína

06/11/2015 17:39
"O pior tipo de otimismo é aquele que animava Lênin e os bolcheviques, que fazia com que acreditassem que haviam colocado a humanidade na trilha da solução dos problemas residuais da história, e que fez com que também destruíssem todas as instituições e todos os procedimentos pelos quais os erros...

Monstros

05/11/2015 19:08
"Os monstros povoam virtualmente qualquer tradição folclórica, da Escandinávia à Austrália. E a maioria de nós não encontra nenhum. Usamos a palavra 'monstro' para designar qualquer coisa feia, má ou grande - e qualquer criatura com todas esta qualidades é um genuíno membro do clube. O monstro do...

Por que há simplesmente o ente e não antes o Nada?

04/11/2015 18:07
"No início formulamos uma questão: 'por que há simplesmente o ente e não antes o Nada?' Afirmamos que filosofar é investigar esta questão. Se, inspecionando e refletindo, nos dispusermos em sua direção, renunciaremos em primeiro lugar a instalarmo-nos em qualquer um dos domínios correntes do ente....

Educação e democracia

01/11/2015 16:25
"Para mim educação é a transmissão do que consideramos essencial de nossa cultura, de nossa vida às outras gerações. Há essa faceta, de ensinar as destrezas que sirvam ao trabalho, mas também há a formação cívica e ética. Comparo também a educação com uma pessoa em sua casa, onde estão todos os...

radical e tradicionalista

31/10/2015 08:30
"Hitler era um radical. Churchill era um tradicionalista. Há um significado especial nisso agora, quando toda a chamada Era MOderna que começou há cerca de quinhentos anos está findando. Hitler desejava acabar com ela, destruir o que considerava fraqueza de seu liberalismo cansado e hipócrita....

Apetites

31/10/2015 08:28
"Uma vez que os tempos não se adaptam aos nossos modestos apetites, o remédio é nos adaptarmos aos apetites do tempo." Carlos Heitor Cony, O ato e o fato - O som e a fúria que se viu no Golpe de 1964

Karatê

31/10/2015 08:22
"Higaona dizia a seus alunos: 'No treinamento de karatê, como na vida, quando alguma coisa bloqueia seu caminho, desvie para o lado e mova-se ao redor dela.'" John Stevens, Três mestres do budo

Natal

30/10/2015 23:26
"Com todo o devido respeito pela tradição cristã, alguns dos pontos essenciais do conjunto das comemorações do Natal estão muito distantes dos fatos e da realidade. Por exemplo, a probabilidade de Jesus ter nascido em 25 de dezembro é de 1 em 365 (ou 366 em anos bissextos). Essa data foi inventada...

Pound

30/10/2015 22:42
"Toda a minha vida acreditei saber algo. Depois veio um dia estranho e percebi que não sabia nada. E as palavras se esvaziaram de sentido." Ezra Pound citado por Michel Ragon, Eles se acreditavam ilustres e imortais

Marxismo e outras fantásticas ilusões

30/10/2015 22:27
"Porque as doutrinas satisfazem desejos, aspirações, necessidades. Veja o caso do marxismo em suas formas vulgares: rapidamente foi demonstrado que suas previsões referentes às classes médias e ao proletariado eram falsas. Entretanto, o marxismo renascia, pois correspondia a uma promessa, escondia...

A corrupção como epifenômeno da política

30/10/2015 22:15
"Pode-se tomar a defesa do acidente - como subversão da ordem das coisas -, mas lamentando, com uma certa nostalgia, que este mundo seja acidental. Ou, pelo contrário, transformá-lo, não em um modelo ideal, não em uma revolução, mas na oportunidade de nos perguntamos o que mudaria se tivéssemos...
Itens: 1061 - 1080 de 1199
<< 52 | 53 | 54 | 55 | 56 >>

       Resumindo

 

"Toda a nossa vida é, na verdade, uma fábula; nosso conhecimento, uma asneira; nossas certezas, uma ilusão. Resumindo, todo esse mundo é apenas uma farsa, uma perpétua comédia."  

 

La Mothe Le Vayer, filósofo (1588-1672)


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!